terça-feira, outubro 27, 2009

[...]


Ando de uma maneira que ninguém me pode aturar. E eu até entendo. Já não me lembrava de estar neste turbilhão desde que deixei de fumar. Irritadiço, azedo, chato,...

5 comentários:

  1. Aqui atura-se bem. O virtual tem destas coisas...m :)

    ResponderEliminar
  2. ... como te entendo!

    Ás vezes fico tão insuportável que até fico irritada comigo. Não sei como os meus amigos me aturam nesses dias... sou uma pestinha quando estou mal-disposta.

    ResponderEliminar
  3. Pois é,... E o pior é que, normalmente, quem sofre mais com isso é quem está mais perto, quem gosta mais de nós. :(

    ResponderEliminar
  4. Porém, com uma boa justificativa!
    Espero que supere a fase e continue sem fumar!
    bjão, boa semana!

    ResponderEliminar
  5. Que aches logo um anti-ácido e um novo vício mais saudável!

    ResponderEliminar

Encontros fortuitos

"Eu vi, Quando você me viu,  Seus olhos pousaram nos meus, Num arrepio sutil" Cupido Maria Rita Compositor: Claudio Lins ...