segunda-feira, fevereiro 25, 2013

Encantamentos II

Mesmo  no início deste blogue, fiz aqui, uma transcrição de um depoimento de um DVD do Chico Buarque, em que ele fala do seu fascínio pela natureza das mulheres. Aquela coisa que eu falei e com a qual me identifico tanto, que é o encanto pelo mistério da "alma" feminina.

Noutro DVD que também tenho, de um programa especial de Natal da Globo, com o Caetano Veloso, o Gilberto Gil e  a Ivete Sangalo, esta última, a certa altura, entre duas músicas, conta esta história curiosa:

"Uma vez perguntaram a Chico Buarque:
- Chico, você faz música para pegar mulher?
E ele respondeu assim:
- Faço mulher para pegar música."

Não sei se houve engano e se na última frase a intenção seria dizer, "Pego mulher para fazer música", que para mim faria mais sentido, de qualquer forma entendo o que o Chico Buarque diz. Mais uma vez demonstra, a meu ver, que o seu encantamento e o culto do mistério são verdadeiros. E como eu o compreendo... A mulher como fonte de inspiração, como fonte de vida...

quarta-feira, fevereiro 20, 2013

Encantamentos


Os anos passam (por mim e pela “nuvem”), a minha vida muda, o mundo, parece ter a cada dia menos sentido, mas eu continuo o mesmo.

Não perdi ainda o meu imenso fascínio pela beleza feminina. 
E não pensem que estou apenas a falar das intocáveis modelos, actrizes ou cantoras. Nem só das mulheres tão bonitas como as anteriores, que andam por aí nas nossas e noutras cidades. A beleza que me prende e que me encanta está, para mim, ao contrário do comum dos homens (acho eu), na beleza da mulher normal. Num sorriso, numa expressão facial, no jeito doce de falar, no movimento do corpo e no mistério. No grande mistério que continua a ser para mim o pensamento, o imaginário e a essência de uma mulher.

É esse mistério, esse fascínio que me faz distribuir “paixão” por tanta gente, a toda a hora. 

Pena não poder dizer. Pena não poder partilhar um pouco mais com cada uma. Pena esta paixão, que aparentemente desperdiço, não possa ir um pouquinho mais além. Pena que essa paixão provoque em mim entusiasmos contraditórios...

segunda-feira, fevereiro 18, 2013

Volto já

Às vezes penso que perdi a inspiração...
Às vezes penso que só a inquietação me faz pensar, escrever,..
Às vezes penso que me perdi,...
Às vezes penso que finalmente me encontrei,...
Agora, neste preciso momento. penso no sentido deste "canto", e no que fará sentido para mim aqui escrever...

8 dias de férias

E aqui estou eu, de volta ao meu cantinho. :)

]...[

A forma descontraída como partilhas comigo a tua intimidade é excitantemente desconcertante.