segunda-feira, dezembro 18, 2017

Perfume

Quando encontro ou passo por alguém que usa o teu perfume, viajo instantaneamente e de forma involuntária, para um mundo paralelo, onde a tua recordação desperta em mim um turbilhão de boas sensações que vão da adrenalina, à plena tranquilidade.


Depois fica uma saudade que acaba numa melancolia de não te poder ter,… 

Ausência

Até podia ter acontecido, mas não, não aconteceu nada. As minhas certezas andaram meias perdidas, mas não passou disso. Uma semana, quinze dias de dúvidas, mas foi só.

A minha ausência deve-se a outras distracções. Trabalho de sempre, trabalho inventado e uma mudança de estilo de vida, à qual ainda não me habituei plenamente. Mas já está melhor.

Vou tentar voltar. Gosto da Nuvem e faz-me bem escrever.

sexta-feira, outubro 06, 2017

Who are you?

Ontem, depois de te ver na esplanada ao jantar, todas as minhas certezas "implodiram". A tua feminilidade, a tua beleza, a tua sensualidade,...o teu andar elegante,... Tudo do jeito que eu gosto,...
(To be continued?)

quinta-feira, agosto 10, 2017

A minha laranja

Imaginemos que eu sou como uma laranja, constituído por gomos muito juntinhos dentro de uma casca. Cada um dos gomos representa um estado de alma em relação aos diversos temas em que normalmente dividimos a nossa vida (amor, dinheiro, saúde, trabalho, etc, etc).

Olho neste momento para dentro de mim e percebo que dois ou três gomos estão quase vazios. A maior parte deles estão cheios, alguns muito mais que cheios, quase a rebentar, no entanto, sinto em toda a extensão da laranja, o vazio dos gomos incompletos.

Durante algum tempo, achei que se preenchesse muito bem alguns gomos, se os engordasse até além dos seus limites, conseguiria ocupar todo o espaço dos gomos vazios, mas foi uma ilusão. Se alguma vez consegui ocupar o espaço vazio, foi momentaneamente. O espaço vazio cada vez mais se faz notar e acabando por condicionar toda a estabilidade da laranja.

O pior é que não estou a encontrar forma de preencher os gomos vazios sem tomar medidas drásticas. Outra vez!!!

terça-feira, julho 18, 2017

Ai a minha vida!!!!!

Quando uma linda e fogosa moça se senta ao lado de um moço normal, encostando  a coxa à mão do moço significa que:

a) Não se apercebeu - Sentou-se e nem deu conta que estava encostada à mão do moço, e todo o tempo que assim esteve, nunca se apercebeu (o moço também não fugiu com a mão);

b) Sentiu-se confortável - Sentou-se e nem deu conta que estava encostada à mão do moço, e quando percebeu, sentiu-se confortável e deixou-se ficar (o moço também não fugiu com a mão);

c) Foi intencional - Estava só a tentar atrapalhar o moço (e conseguiu);

d) Foi intencional – Era um sinal!

Ai - ai, ai - ai, ai - ai, ai!.... :)

segunda-feira, maio 29, 2017

Encontros fortuitos

"Eu vi,
Quando você me viu, 
Seus olhos pousaram nos meus,
Num arrepio sutil"

Cupido


Compositor: Claudio Lins


sexta-feira, maio 26, 2017

]...[

A forma descontraída como partilhas comigo a tua intimidade é excitantemente desconcertante.

quarta-feira, abril 26, 2017

Será um sinal???



Uma mulher quase desconhecida, que encontrei ontem no centro comercial, mandou-me hoje esta música. Será um sinal? :)

"Há uma chance da gente se encontrar
Há uma ponte pra nós dois em algum lugar
Quando homem e mulher
Se tocam num olhar
Não há força que os separe..."

Sim, eu sei, eu fiz uma promessa e não tenciono deixar de a cumprir. :)

quinta-feira, março 30, 2017

A sério?!


A sério????
Acham mesmo que sim? Que os pelos devem voltar?

Se a minha opinião puder ajudar a tomar uma boa decisão, eu digo já, que apesar de compreender o desconforto do acto e a chata regularidade do mesmo, considero o esforço compensador. J



.

Perfume

Quando encontro ou passo por alguém que usa o teu perfume, viajo instantaneamente e de forma involuntária, para um mundo paralelo, onde a t...