sexta-feira, novembro 24, 2006

terça-feira, novembro 21, 2006

segunda-feira, novembro 20, 2006

Arrepio subtil

Já passei por ocasiões, duas delas recordo-me muito bem, (ficaram-me marcadas na memória), em que me senti completamente apaixonado por uma desconhecida com quem tropecei. É uma sensação estranha, muito estranha. Nesse segundo, o tempo parece que pára, (“foi só por um segundo; todo o tempo do mundo; e o mundo todo se perdeu; ficou só você e eu”), e um arrepio passa entre mim e ela (“num arrepio sutil”), uma espécie de energia ou química ou coisa parecida. Fico estonteado. Desconfio que é, mas não tenho a certeza se é ou não mútuo, mas também não confirmo, e por isso fica-me para sempre gravado na memória esse momento. Um momento mágico que me alimenta a alma e me põe a sonhar.

quinta-feira, novembro 16, 2006

Músicas que arrepiam(I)

Maria Rita

Cupido
Cláudio Lins

eu vi quando você me viu
seus olhos pousaram nos meus
num arrepio sutil
eu vi... pois é, eu reparei
você me tirou pra dançar
sem nunca sair do lugar
sem botar os pés no chão
sem música pra acompanhar

foi só por um segundo
todo o tempo do mundo
e o mundo todo se perdeu

eu vi quando você me viu
seus olhos buscaram nos meus
o mesmo pecado febril
eu vi... pois é, eu reparei
você me tirou todo o ar
pra que eu pudesse respirar
eu sei que ninguém percebeu
foi só você e eu

foi só por um segundo
todo o tempo do mundo
e o mundo todo se perdeu
ficou só você eu eu

Quando você me viu...




Músicas que despertam os sentidos, músicas que me deixam com os cabelos no ar, músicas que me envolvem de tal forma que quando as ouço o mundo pode desabar à minha volta que eu nem reparo. Para mim a arte suprema.



terça-feira, novembro 14, 2006

...

Levei um safanão, dos grandes, na minha vida. De tal forma, que não tenho tido tempo nem vontade, para aqui escrever. Devagarinho, apanho os cacos e colo aqueles que não ficaram perdidos para sempre. Vou pondo tudo no lugar, aproveitando para reconstruir o meu mundo mais à minha medida.

Entretanto, este blog, continua cedendo as suas energias a outros empreendimentos, que são, neste momento, mais importantes. Talvez este post seja o sinal do meu regresso. O tempo o confirmará!

quarta-feira, novembro 08, 2006

Who are you?

Ontem, depois de te ver na esplanada ao jantar, todas as minhas certezas "implodiram". A tua feminilidade, a tua beleza, a tua se...