quarta-feira, fevereiro 20, 2013

Encantamentos


Os anos passam (por mim e pela “nuvem”), a minha vida muda, o mundo, parece ter a cada dia menos sentido, mas eu continuo o mesmo.

Não perdi ainda o meu imenso fascínio pela beleza feminina. 
E não pensem que estou apenas a falar das intocáveis modelos, actrizes ou cantoras. Nem só das mulheres tão bonitas como as anteriores, que andam por aí nas nossas e noutras cidades. A beleza que me prende e que me encanta está, para mim, ao contrário do comum dos homens (acho eu), na beleza da mulher normal. Num sorriso, numa expressão facial, no jeito doce de falar, no movimento do corpo e no mistério. No grande mistério que continua a ser para mim o pensamento, o imaginário e a essência de uma mulher.

É esse mistério, esse fascínio que me faz distribuir “paixão” por tanta gente, a toda a hora. 

Pena não poder dizer. Pena não poder partilhar um pouco mais com cada uma. Pena esta paixão, que aparentemente desperdiço, não possa ir um pouquinho mais além. Pena que essa paixão provoque em mim entusiasmos contraditórios...

4 comentários:

  1. Penso que , talvez , muitas vezes , seja melhor deixar que o mistério & dúvida fiquem 'no ar'. Tenho a sensação que isso faz com que esse 'pseudo-relacionamentos' sejam tão gostosos de sentir!

    p.s.: acho que não me fiz entender --"

    Que seja!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeitamente Marcela. :)
      É isso mesmo, o encanto está no mistério. :)

      Eliminar
  2. Tudo que vale a pena é meio contraditório,rs.

    Sorte com os pequenos mistérios

    ResponderEliminar
  3. Hi, Nеat poѕt. Thеre's an issue together with your website in web explorer, may test this? IE nonetheless is the market leader and a large part of people will omit your great writing due to this problem.

    Look into my homepage ... click the up coming Site
    My web site - v2 cigs reviews

    ResponderEliminar

Encontros fortuitos

"Eu vi, Quando você me viu,  Seus olhos pousaram nos meus, Num arrepio sutil" Cupido Maria Rita Compositor: Claudio Lins ...