terça-feira, abril 12, 2011

Até quando?



E a minha boca (até quando?)
Ao separar-se da tua
Vai repetindo e lembrando
"- Sei de um rio…
Sei de um rio…"

Sei de um rio…
Ai!
Até quando?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Who are you?

Ontem, depois de te ver na esplanada ao jantar, todas as minhas certezas "implodiram". A tua feminilidade, a tua beleza, a tua se...