quinta-feira, fevereiro 02, 2012

Será isto tudo amor?

Mentiroso, pouco honesto, sem vontade própria, cobarde, desistente, … Será isto tudo amor?

Desde que me separei tenho tido mimos de duas mulheres. A mulher com quem vivi e estive casado 15 anos e a mulher que precipitou a minha, já decidida, separação.

Com tanta sorte ou azar, fiquei sem as duas na mesma altura. Uma por vontade própria e outra pela própria vontade dela. A história podia acabar por aqui que já era suficientemente trágica.

Mas não. Insistem em fazer-me a vida negra atirando-me à cara algumas supostas verdades. A uma tive de “pedir” para me mandar os insultos a outra limitou-se a escolher o meu aniversário para me oferecer uma colecção de textos em minha homenagem. Se mesmo o mais seguro dos homens tremeria perante este ataque, imaginem-me a mim.

Eu, que por ser honesto comigo e com os outros e não gostar de mentiras, acabei com um casamento de 15 anos, por vontade própria, enfrentando sozinho e de “caras” a minha vida pela qual não desisti antes, não desisto agora e nem nunca desistirei. Não sou perfeito nem ambiciono tal coisa, apenas peço alguma compreensão e acima de tudo respeito pela minha maneira de ser, como eu respeito a maneira ser de cada um.

2 comentários:

  1. Se é amor... prefiro não opinar. Contudo, penso que respeito é acima de tudo o pilar de uma relação, seja ela qual for.

    Beijos

    ResponderEliminar

A sério?!

Tirado daqui A sério???? Acham mesmo que sim? Que os pelos devem voltar? Se a minha opinião puder ajudar a tomar uma boa deci...