quinta-feira, julho 05, 2012

Sonhos

Desde há uns tempos para cá, voltei a lembrar-me dos sonhos. Não me perguntem se isso é bom ou mau, que eu também não sei, o certo é que me lembro. E esta noite lembrei-me de um meio estranho, daqueles que nos deixam inquietos. Encontrei num local, meio aeroporto, meio estação de metro, meio centro comercial, uma amiga do facebook, daquelas que não conheço de lado algum. Em tempos, ela pediu-me amizade, eu aceitei por termos dois amigos comuns mas mandei-lhe uma mensagem a pedir desculpa por não me lembrar de a conhecer e a censurar-me por esquecer uma pessoa como ela. Ela respondeu-me que me tinha enviado o pedido sem querer e que se eu quisesse a podia apagar, ao que eu respondi que não, não a apagava porque não era capaz. Ela deixou-me também ficar. "O que está feito, feito está", escreveu. O certo é que ela é bonitinha e simpática e eu gosto de a ir vendo por aqui no meu "fb". E claro, é sempre bem vinda aos meus sonhos, mesmo que quase sem conversa, lhe tenha dado apenas um beijo e mesmo que no sonho tenha estado com ela apenas 2 ou 3 minutos a memória desse encontro tenha durado horas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

]...[

A forma descontraída como partilhas comigo a tua intimidade é excitantemente desconcertante.