sexta-feira, julho 25, 2014

Coisas estranhas que me acontecem

Quando tive alta do hospital, fui a uma farmácia da cidade, ainda meio zonzo, comprar os medicamentos que me tinham receitado. A moça da farmácia explicou-me tudo direitinho e eu paguei e vim embora. Hoje recebi este enigmático sms:

"Bom dia Senhor Waterfall. Então está  a reagir bem à medicação? Desculpe lhe mandar a sms ainda por cima do meu número particular, mas deixou-me preocupada é que eu fiquei sem entender se o senhor entendeu a forma de tomar a medicação.Sou a farmacêutica que lhe dispensou a medicação na farmácia. Nunca mandei sms a nenhum utente mas há um ano que cá estou e você foi a primeira pessoa que me deixou a pensar se teria entendido tudo, se calhar porque não está habituado a tomar tanta medicação. Agradeço que não comente com ninguém. Diga qualquer coisa e as melhoras."

Será que estava com um aspecto assim tão desorientado? Ou será que a moça ficou preocupada por lhe ter respondido que a medicação era só para mim, que vivia sozinho e que não tinha ninguém a quem pegar a doença...?

Que coisa esquisita!! 


5 comentários:

  1. Com minha cabecinha um tanto "maldosa" enxergo claramente as segundas intenções da moça... Desculpe, mas não consegui pensar em nada mais.

    ResponderEliminar
  2. Ela parece ser uma boa pessoa, e tenho muito boa ideia de farmacêuticos - nas farmácias a que vou tenho normalmente contado com boa vontade e disponibilidade em ajudar.

    ResponderEliminar
  3. E consegui repetir a palavra "boa" três vezes :)

    ResponderEliminar
  4. Não tarda a moça está a oferecer-se para ir a tua casa dar-te a medicação. ;)
    Homem doentinho, só e desamparado são palavras mágicas para muita moçoila que por aí anda. :)

    ResponderEliminar
  5. A moça não insistiu mais. No entanto o "não comente com ninguém" é logo um bocado suspeito, para não falar a referência a que aquele era o telefone privado dela. :) De qualquer forma gostei da atenção dela. Foi simpático. :)

    ResponderEliminar

A minha laranja

Imaginemos que eu sou como uma laranja, constituído por gomos muito juntinhos dentro de uma casca. Cada um dos gomos representa um estado...