quarta-feira, outubro 27, 2010

Já está

Estava difícil mas saiu. Tive que esperar pela melhor inspiração. Foi em modo escrito, porque acho que revelo mais de mim quando escrevo do que quando falo, por isso, seguiu hoje em correio azul. Como se costuma dizer, “mandei o barro à parede”. Quando lá chegar, se acertar na parede certa, logo se vê se cola ou não cola. Se colar, a minha vida profissional pode dar uma grande volta, se não colar, o pior que pode acontecer é ficar tudo na mesma, o que nem sequer é assim tão mau.


E pronto… podemos seguir.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A minha laranja

Imaginemos que eu sou como uma laranja, constituído por gomos muito juntinhos dentro de uma casca. Cada um dos gomos representa um estado...