terça-feira, outubro 25, 2011

Tão cheia de pudor que vive nua

1 comentário:

]...[

A forma descontraída como partilhas comigo a tua intimidade é excitantemente desconcertante.