quarta-feira, janeiro 06, 2010

Noites frias do fim do mundo

Pois é, não é possível resisitir a este olhar, pois não? Chama-se Sara Serpa e é a minha última paixão. Tive oportunidade de a ver cantar ontem ao vivo. Adorei. E quase tão emocionante, como vê-la actuar foi no final comprar-lhe um CD onde ela dedicou um simples autógrafo. Infelizmente pouco pude dizer-lhe. Não fui capaz. "As usual". :)



1 comentário:

Perfume

Quando encontro ou passo por alguém que usa o teu perfume, viajo instantaneamente e de forma involuntária, para um mundo paralelo, onde a t...