terça-feira, maio 03, 2011

A chave dos sonhos

Não sei se é por ter chagado aos 40 (na verdade já vou nos 41), que me invadiu uma vontade imensa de mudança, de tornar a minha vida mais minha, isto é, mais virada para aquilo que me faz verdadeiramente feliz em termos pessoais e profissionais. MUDANÇA.

Infelizmente os riscos dessa mudança são tão grandes que me perco no “vou, não vou” e quando der por ela, não fui. É o costume…

Tenho motivos suficientes para pensar mais que uma vez. Casos muito próximos de pessoas que na ânsia de mudar ficaram pelo caminho e perderam o que tinham sem atingir os seus sonhos, sonhos esses que acabaram em tremendos pesadelos.

Razões válidas para pensar cuidadosamente se vale a pena procurar a chave que abre a porta dos sonhos.

3 comentários:

A minha laranja

Imaginemos que eu sou como uma laranja, constituído por gomos muito juntinhos dentro de uma casca. Cada um dos gomos representa um estado...