terça-feira, maio 03, 2011

Pronto para o que vier

Talvez seja um sentimento um bocado egoísta, ou então meio de revolta, não sei bem. Mas quando me olho para dentro e me vejo sem Pais e sem filhos, sinto uma estranha tranquilidade de quem tem a sua missão cumprida.

2 comentários:

  1. Vamos ter que ter uma "cunbersinha" que vai praqui munto disparate...
    Missão cumprida porquê? E todas aquelas pessoas que gostam de ti? Achas que nao lhes fazes falta?

    ResponderEliminar
  2. Sim, claro que sei que sempre faço falta a alguém, mas é um sentimento que não cosigo explicar, que para além da tristeza que sinto tem também um lado de "missão cumprida" que nem é bom nem mau. Não consigo explicar melhor que isto. :)

    ResponderEliminar

Who are you?

Ontem, depois de te ver na esplanada ao jantar, todas as minhas certezas "implodiram". A tua feminilidade, a tua beleza, a tua se...