quarta-feira, junho 22, 2011

Voando baixinho

Perdi-me da minha nuvem e tenho andado a voar muito baixinho, quase rente ao chão, chegando mesmo rastejar. Aqui de baixo a perspectiva é diferente. Vê-se menos e pior, por isso quase não escrevo. Pode ser que passe. Espero que passe.

Sem comentários:

Enviar um comentário

]...[

A forma descontraída como partilhas comigo a tua intimidade é excitantemente desconcertante.