quarta-feira, junho 18, 2014

Tem dias....

Tem dias, muitos dias ultimamente, em que me sinto à deriva.

Uma ou outra pessoa vão me apanhando pelo meu caminho vago e incerto, mas são pessoas que me trazem vidas irreais ou então, vidas que não quero mesmo viver.

E o mais engraçado é que eu acho quero mesmo andar à deriva. Preciso de vaguear pelos meus sentimentos, vontades, desejos e pensar em mim. Pensar em mim,... Só.

Ler, pensar, andar por aí,… mas ainda não consegui…

Preciso de tempo,… preciso de paz… preciso de tranquilidade.

1 comentário:

Voltei a casa

E acho que desta vez é definitivo. Não andava feliz e não estava a conseguir fazê-la feliz. Não me adaptei à vida na nova cidade, às viagens...