quinta-feira, novembro 17, 2011

Amigos

Para algumas pessoas toda a sua vida, toda a sua felicidade começa e acaba no seu casamento e na sua casa. Para algumas pessoas, toda a sua vida, toda a sua realização está no trabalho, no almoço em casa da Mãe com as irmãs e sobrinhas, e na sua própria casa, onde um marido as espera, esperam essas pessoas, de braços abertos. Não pedem nem procuram mais nada.

Para outras a vida tem que ter mais alguma coisa. Alguma coisa para além da mulher e da casa, quase sempre vazia. A casa, mesmo quando não se tem filhos, tem de ter movimento, animação, entra-e-sai, desarrumação, nódoas no tapete, barulho. Para outros a vida só faz sentido se tiver amigos presentes. Aquela história de que os verdadeiros amigos estarão lá quando precisarmos não entra comigo. A amizade tem que se alimentar.

E agora eu, que sou do tipo de pessoa que precisa de amigos, ao ver-me durante tempo demais quase isolado, tomei a decisão de ir á procura deles. Acompanhado ou sozinho. E assim fiz. Para onde me convidam vou e não recuso nada que me pareça minimamente interessante. Recupero os antigos e procuro novos. Nunca se sabe de onde pode aparecer um amigo.

E foi dentro de tudo isto que apareceu a história do post anterior. Capiche?

4 comentários:

  1. EU capisquei...Fazes mt bem. Casamento nao é redoma. Nao é fechar as portas ao mundo...Nao é isolamento...Casamento é complemento...

    ...Mas nao sejas extremista. Faz tudo com peso e medida

    ResponderEliminar
  2. Amigos são mesmo importantes e não devem ser substituídos ou isolados pelo casamento. Acredito que sua mulher deveria ser uma amiga. Mas mesmo ela sendo, não justifica isolamento. Concordo que tens que ir em busca de velhos e novos amigos.

    Eles dão sabor ao dia-a-dia!

    ResponderEliminar
  3. Eu, que estou prestes a casar, tenho aquela visão apaixonada de início de novas fases, mas estou consciente. Além disso, compreendo que o casamento não deveria fechar as possibilidades, mas nos mostrar novas - é o que tenho aprendido ao longo desse tempo de relacionamento. Ainda bem que quanto as amizades, eu e o noivo somos bastante parecidos nos pensamentos e em como lidamos com isso. Além disso, sou romantica, mas verdadeira ao dizer que ele é meu melhor amigo. O que não quer dizer que não tenha outros, e nem ele.
    E assim como penso - em comum acordo com ele - temos levado uma boa vida, e logo saberemos se funciona da mesma forma no casamento...

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  4. Há que criar um equilibrio em tudo aquilo que nos completa.
    Eu sei que tu vais conseguir voltar a ser muito mais feliz e a andar super animado. Gosto de te ver espevitado e atrevido.
    Bom fim semana com as amigas.

    ResponderEliminar

Será um sinal???

Uma mulher quase desconhecida, que encontrei ontem no centro comercial, mandou-me hoje esta música. Será um sinal? :) "Há uma cha...