segunda-feira, novembro 28, 2011

Hoje é dia 28…

E a minha vida segue um pouquinho melhor que no dia 25.

Portanto para quem perguntou se valeria a pena enfrentar o “problema” a resposta é sim, valeu. Valeu porque eu reforcei a amizade com essas amigas e a minha mulher ganhou amigas novas.

Mas não foi fácil. Na véspera a minha mulher estava muito amuada e eu tentava aliviar o ambiente, desdramatizando a coisa, com um bocado de humor, mas nada funcionava. Cheguei a ver uma lágrima ou outra, mas não cedi.

A viagem para lá foi um sufoco. Quase duas horas de curvas e contra-curvas, de mau humor, de troca de palavras secas e eu sempre a tentar afastar a nuvem pesada e negra.

E mesmo assim valeu a pena?
Valeu.

Quando chegámos lá ainda só estavam 3 pessoas. As outras foram chegando pouco a pouco. Só isso aliviou um bocado a pressão. Depois fomos percebendo que nem toda gente se conhecia. Isto é, não éramos os únicos que não conheciam toda a gente. No final das contamos éramos 12, numa casinha, muito bem recuperada e muito confortável, numa aldeola perdida no meio das Serras do Centro.

Comemos, bebemos, conversámos, passeámos e fomos ficando. Ficámos para jantar. Enquanto eu ajudava a fazer o jantar num forno a lenha na rua, a minha mulher ficou na casa com as outras sete meninas e um gay. Ainda fui à sala do povo ver um bocado do futebol e a minha mulher ficou com elas. Jogou matrecos com as meninas, krapô com o gay, falaram de viagens e eu ainda vim a tempo de jogar Trivial com todos antes de jantarmos. Jantámos e como tínhamos ainda uma viagem difícil pela frente, saímos, ainda a festa estava a meio, já depois da meia-noite.

A minha mulher saiu de lá aliviada e com os fantasmas todos desfeitos. No dia seguinte até me confessou que aquelas pessoas seriam uma boa companhia para as férias da neve.

Valeu a pena? Valeu.
Valeu pelo presente e valeu pelo futuro. Mas do futuro falamos depois.

4 comentários:

  1. Ufa!
    Que bom que valeu!

    rsrs

    Temos mania de criar mais expectativas ruins, que boas; quer dizer, nesse caso, nós mulheres, sempre criamos as ruins.

    E você ainda nos deixa curiosa sobre o futuro... que coisa!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  2. Ir de férias com OITO mulheres e um gay é uma péssima ideia :D

    ResponderEliminar
  3. Que legal! Fico feliz que tenha dado certo pra vocês dois.

    ResponderEliminar

Who are you?

Ontem, depois de te ver na esplanada ao jantar, todas as minhas certezas "implodiram". A tua feminilidade, a tua beleza, a tua se...